~ Comunicado à imprensa ~ Março 2020

Este comunicado à imprensa descreve a visão por trás do Caminho do Dão e como a trilha pode ser um veículo para o desenvolvimento regional.

O Caminho do Dão está a caminho!

Comunicado à imprensa 04-03-2020

Alimentado pela paixão pelo vale do rio Dão e a crença no poder de caminhar, está a ser desenvolvido um novo trilho: O Caminho do Dão, uma peregrinação de uma semana, em comunhão com a natureza, descendo todo o trajeto do vale do Dão, da nascente até à foz. Uma peregrinação é um ato simples, mas poderoso, que pode gerar um sentimento de ligação com o mundo, connosco mesmos e de paz e regeneração, apenas caminhando. Esta é a vivencia que o Caminho do Dão pretende proporcionar. Na primavera do 2019, o trilho foi explorado e descrito pela primeira vez, e esta primavera os primeiros grupos guiados percorrê-lo-ão.

Para além de ser uma vivencia interessante para os visitantes, O Caminho do Dão também pretende ser de valor para as comunidades locais. Um dos objetivos do trilho é dar força a um sentimento de ligação entre a comunidade local e o vale, e dessa maneira, contribuir para o bem-estar geral (orgulho e sentimento de pertença) das pessoas que habitam no vale. Se o trilho é valorizado tanto pelos visitantes como pelos habitantes, pode ajudar a aumentar os esforços regionais para valorizar e salvaguardar as qualidades naturais e culturais do vale, que é um dos objetivos principais deste projeto no vale do Dão.

A missão do projeto é 'contribuir para a vida (flora, fauna e humana) no vale'. Como produto turístico não pretende apenas beneficiar das qualidades naturais e culturais do vale, mas também se de beneficio e preservá-las. O Caminho do Dão é visionado como uma experiência de Turismo em Regenerativo e trabalha com métodos baseados no "Desenvolvimento Regenerativo" *. Este projeto está baseado numa consciência de situação social e ambiental no vale, e nas ricas camadas de significados e simbolismos de um rio que tem o nome Dão. Dão é uma forma conjugada do verbo dar: eles dão. Adicionalmente "O Dão" é o mesmo que 'O Tao', que literalmente significa 'o caminho', sendo uma filosofia oriental baseada na ideia de interconetividade da vida. Por último, mas não menos importante, um rio é historicamente considerado um símbolo de vida.

Os primeiros pequenos passos estão a ser dados para concretizar a missão do projeto. Está a ser delineado um projeto piloto de 'Turismo Regenerativo', em colaboração com a Freguesia de São João de Lourosa e a Escola Superior Agrária de Viseu/IPV, no qual uma percentagem da receita do Caminho do Dão será destinada à conservação da natureza, em áreas específicas ao longo do rio. Nesta mesma Freguesia, as associações locais têm demonstrado interesse em executando trabalho para manter o trilho aberto. Sob o título 'O Caminho do Dão - um caminho de inspiração', a organização está a convidar profissionais/especialistas, de diversas formações (como agricultura, biologia, arte, educação ambiental, bem-estar, antropologia etc.) para caminhar juntos neste trilho. O objetivo dessas parcerias é gerar conversas, ideias e conteúdos que possam contribuir para tornar o Caminho do Dão um projeto que beneficia e sustenta a vida no vale do Dão de várias maneiras.

Freya van Dien,
Moinhos do Dão, Fornos de Maceira Dão

* O trilho pode inicialmente ser experimentado como um programa de caminhada em grupo e, no futuro, será também oferecido em pacote, incluindo a rota em coordenadas GPS, pernoitas e refeições.

* Desenvolvimento Regenerativo é uma abordagem ao desenvolvimento/design orientada para o processo e percebendo sistemas inteiros. O termo "regenerativo" descreve processos que restauram, renovam ou revitalizam as suas próprias fontes de energia e materiais. O desenvolvimento/design regenerativo usa a perspectiva dos sistemas inteiros para criar sistemas resilientes e equitativos que integram as necessidades da sociedade na integridade da natureza. Mais sobre este conceito aqui.