As virtudes de caminhar

Caminhar é uma das atividades mais básicas em que podemos nos envolver e pode gerar uma conexão profunda com o mundo ao nosso redor, com as pessoas com as quais caminhamos e com nós mesmos. Quando caminhamos, experimentamos uma proximidade com o mundo e todos os seus fenômenos. Se quer conhecer um lugar, passa por ele.

O vale do Dão vai contar-lhe uma história sobre uma paisagem do século XXI e como é moldada pela actual realidade social, económica e climática. Uma história sobre como a natureza sobrevive e luta e sobre as muitas maneiras diferentes de as pessoas interagirem com a terra. Como disse um caminhante perspicaz: Acho interessante como um produto: romance e realidade.

 

Some of the virtues of walking through the Dão valley:
~ A long distance hike such as this offers the hiker time and space to really feel free in the world and reflect.
~ The trail is called ‘Caminho do Dão’ because it is imagined as a pilgrimage where the hiker, just as on the other Caminho, can experience regeneration.
~ As a hiker and visitor of the valley you literally and figuratively support the people that live here. Your presence and appreciation go a long way in a region that suffers from abandonment.
~ Hiking through the valley over old rural paths brings attention to the value of this environment and can help in the efforts to protect the habitats along the river.
~ Getting to know a river from its source to its mouth can strengthen our bond with and love for the earth and the cycles of live.

The pilgrim walks to be present and to experience regeneration. Many philosophers and sages (Nietsche, Thoreau, The Buddha, Ghandi etc.) have gone before us and it was during the act of walking that their insights came and their work manifested.

O objetivo do projeto Caminho do Dão é facilitar a experiência de estar em um relacionamento saudável com nós mesmos, com os outros e com o mundo natural do qual fazemos parte.

 

 

pt_PTPortuguês